CONTAR OU NÃO SOBRE O BLOG ?

tumblr_m15t2q8h7r1r285rco1_500_large
Vocês podem pensar que não, mas eu sei que diversas pessoas não contam para os pais que tem um blog, não é mesmo?Eu quase sou uma dessas,na verdade meu pais sabem,mas eles quase nem ligam para isso.

Eu não acho que seje necessario contar para os pais que você tem um blog,mas também não acho certo “esconder”.Eu acho que blog é algo que você divide com seus leitores tudo oque acha,uma parte da sua vida,talvez falar para os pais seja estranho.Eu acho algo meio particular (você,leitores e só). Bom,querendo ou não,os pais vão ficar sabendo,sempre vai ter uma pessoa que vai ver e vai passando e vai passando até chegar em quem você não queria que soubesse.

Tudo bem que isso nunca aconteceu comigo,eu já tive outro blog e meus pais sempre o levaram no divertimento,mas agora,no mundo de hoje eles sempre estão “mais em cima”.Você não precisa contar tudo oque acontece “Falei sobre decoração hoje,tive dois comentários” ,pode apenas falar as coisas boas “Tive 2000 vizualizações hoje” ou não sei depende cada um pensa de um jeito.

Para quem não falou,não é um caso de “boa sorte,eles vão ficar bravos”,eu acho que apenas é preciso ter cuidado e principalmente mentalidade.Procure falar para seus pais em um momento de descontração,apenas os informe que é algo em que você escreve sobre oque gosta,mas é claro que você não da para ser tão traquilo(a) quando se criou o blog á 6 anos atrás,porque ai já fica difícil,mas tudo é questão de deixa-los cientes de parte da sua vida(oque eu considero o blog).

TEXTO POR MAYANA FERREIRA – WEST SIDE!

Esse texto é para quem ainda não contou sobre o blog,está indeciso(a),não tem coragem.Espero que tenham gostado.Se quiserem receber novidades curtam a fan page do blog.

Kisses and Kisses
May

Anúncios

SERÁ SÓ MAIS UMA PREOCUPAÇÃO?

tumblr_ly8k0xgu0l1qzhokmo1_500_large
Olá queridas(os) Westsideanas(os)
Hoje em dia,na minha idade,os adultos,que vivem no meu redor,estão sempre falando “Vocês,adolescentes não fazem nada,vivem o dia inteiro na internet,facebook e quando tem tarefa escolar vai fazer”.Eu nunca me considerei um adolescente tão igual a maioria,não pelo físico mas sim pela mentalidade.Mas então Mayana você está dizendo que é mais “adulta” que as outras pessoas da sua idade? NÃO eu não estou dizendo isso,eu sempre dizia que queria ser adulta o quanto antes,mas de um tempo pra cá percebi que nada era quando tinha os meus 6,7 anos,quando eu brincava até cansar e não me preocupava com as roupas,as amizades,as tarefas e toda a corredia dos dias que enfrento agora.Minha mãe sempre me diz que deve ter calma,mas parece que essa palavra quase nem existe em meu vocabulário,sim, eu sou uma pessoa um tanto(ão) desesperada.Sempre fui muito estudiosa,oque tenho orgulho de dizer,sei que tenho muito mais ocupação no dia a dia do que meus amigos.Meus colegas sempre me dizem “Você é nerd,se preocupa muito com a vida,relaxe um pouco”,mas isso para mim de nada adianta,nunca sofri nenhum tipo bullying,pelo contrario,sempre tive muitos amigos,que são necessários na minha vida.

Desde bem pequena,era viciada por novas descobertas na medicina,por experimentos médicos e por curas de doenças,coisas novas,talvez pelo fato de ter uma mãe professora,não fui como as outras meninas que sonhavam em ser modelo!Mas tudo com o tempo muda e minha opinião também,todos da minha família sempre perguntaram para mim e meu irmão em que iriamos nos formar,meu irmão(figura em qual me espelho, no conhecimento ) sempre tinha a sua opinião na qual nunca mudou,eu dizia ,”com o boca cheia” CIENTISTA,mas não pensava nos bens materiais,meus pais me diziam:”MAY SE VOCÊ NÃO GOSTAR DO QUE FAZ,NÃO ADIANTA NADA”.

Eu sigo o conselho deles,mas de um tempo me perguntaram a profissão que eu quero seguir e fiquei sem resposta,pensei,pensei e pensei,de nada adiantou.Eu NÃO fico sem dormir por isso,até porque ainda falta muito tempo para entrar em uma faculdade,mas eu quero ter essa resposta na minha cabeça e organizar todo o meu futuro,para que neste não tenha problemas.Talvez deva escolher a mesma de meu irmão?Ou uma que eu ganhe mais dinheiro?Ou uma que eu realmente tenha a vontade de me especializar?Uma coisa eu digo,não pense tanto no futuro antes de viver o seu presente,até porque para mim escolher uma boa profissão é uma preocupação,mas para outros pode nem ser!

MAYANA FERREIRA – WEST SIDE
Escrevi este texto devido a preocupação de encontrar uma profissão. Mas afinal alguém sente ou já se sentiu igual?Dicas?
Kissess and Kissess
May